A Madeira

A Madeira

A Paulownia produz uma madeira valiosa, muito procurada em todo o mundo para o fabrico de mobiliário, instrumentos musicais, construção naval, aviões e muitas outras áreas onde uma madeira leve e muito agradável esteticamente, é ​​utilizada. Devido à estabilidade de acordo com o seu baixo peso, a madeira de paulónia é considerada “o alumínio” entre as madeiras.

Aparência – a Paulownia produz uma madeira leve, com uma delicada cor que vai do amarelo-mel ao cinza-claro. A sua superfície tem um brilho sedoso. O grão característico da madeira é particularmente atraente devido aos seus amplos anéis anuais de crescimento.

Ponto de ignição – o ponto de ignição da madeira de paulónia é cerca de 420°C cerca do dobro da madeira comum (270°C). Para o uso de energia como lenha, um ponto de inflamação tão alto desempenha apenas um papel menor, torna é a madeira muito interessante para aplicações onde é necessária uma maior protecção contra o fogo.

Peso – com um peso médio de apenas 250kg/ m3, a paulónia é uma das madeiras mais leves. Em comparação, o nosso carvalho nativo é de cerca de 580 kg por metro cúbico. Apesar desta baixa densidade, a Paulownia oferece uma alta estabilidade, a madeira é preferencialmente usada em áreas nas quais é dada prioridade à redução de peso. Estas incluem a construção naval, aeronaves, construção de casas móveis, caravanas, mobiliário, etc.

Superfície – devido à sua baixa densidade, a madeira tem uma superfície relativamente macia. Não racha, não empena e é fácil de trabalhar.

Secagem – pode ser seca ao ar fresco ou em câmaras de secagem para redução rápida do teor de humidade residual, devendo ficar pelos 10-12%. Outra característica interessante da madeira de paulónia é a baixa tendência para a reidratação, uma vez seca, dificilmente retomará água. Contrariamente a outros tipos de madeira, a Paulownia é, portanto, uma madeira extremamente estável. As típicas alterações morfológicas da madeira, como o inchaço e o encolhimento, permanecem ausentes. Outras características, são as excelentes propriedades sonoras, o que aumenta a sua procura para instrumentos musicais, isolações interiores, etc. Como a água é um vector para odores e sabores, a madeira de paulónia não absorve aromas e sabores estranhos, não tendo cheiro.

Leveza – A madeira de Paulownia a segunda madeira mais leve, logo a seguir à de Ochroma pyramidale (balsa), a sua baixa densidade propicia excelente flutuabilidade, tornando-a altamente adequada para a construção de barcos, pranchas de surf e caiaques.