Sementes

Sementes de

Paulownia elongata

Com a convicção plena dos benefícios e retorno que esta árvore poderá dar à Floresta Portuguesa e aos seus proprietários, decidimos comercializar semente para que sejam os próprios a criar as suas plantas/árvores com toda a poupança inerente.

Ficha técnica:

  • lote 2110e

  • origem: USA

  • nº de sementes por Kg.: 5.666.667

  • pureza: 87,5%

  • faculdade germinativa: 94%


PREÇO:

€16,00/ 5.667 sementes (inclui IVA e portes para Portugal continental)

(envio por correio postal)

Germinação:

As sementes de paulónia germinam entre os 8 dias e as 3 semanas, dependendo da duração do dia luz e da temperatura

(ideal: 24ºC e o mínimo de 14:00 de luz solar)

Enquanto não forem semeadas devem ser conservadas a 5ºC.


1º método (sem complicações, sugerido para particulares):

Encontra, na net, inúmeras maneiras de germinar paulónias, no entanto, sugerimos um método simples que dá sempre bons resultados:

  • coloque numa caixa plástica ou pequena bacia/alguidar 6cm de água (sem ser da companhia porque tem cloro), vá acrescentando se o nível baixar

  • espalhe sementes à superfície (devem ficar a boiar, é assim mesmo)

  • coloque este germinador junto de uma janela sem que apanhe Sol directo (as sementes são fotossensíveis, têm que ter luz solar (não directa).

  • dependendo da temperatura média, nascerão entre os 8 dias e as 3 semanas

  • quando a raiz tiver dois/três centímetros, repique para um substrato bem drenante e vá regando sem que o mantenha encharcado

  • nesta fase as plântulas são muito frágeis e sensíveis, devem ser manipuladas com extremo cuidado

  • a luz solar é imprescindível durante todo o processo


2º método (sugestão para profissionais):

  • Escolha tabuleiros ou placas de polietileno rígido com alvéolos até 20cc de capacidade (tabuleiros de poliestireno/esferovite não são aconselhados).

  • Lave bem e desinfecte estes germinadores (1 parte de lixívia para 20 partes de água).

  • Encha os mesmos até 3/4 da capacidade dos alvéolos (devem ficar vagos 2-3mm do topo do alvéolo).

  • Utilize turfa ou em substituição um substrato bem drenante, sem adubo.

  • Rege bem os tabuleiros/germinadores até saturar a/o turfa/substrato.

  • Deixe escorrer até parar de pingar.

  • Semeie as paulownias procurando colocar uma semente por alvéolo, não enterre as sementes, devem ficar à superfície da/do turfa/ substrato, não podem ser enterradas.

  • Embrulhe bem o tabuleiro, por cima e por baixo (deve ficar estanque) em película aderente transparente, isto propicia condições excelentes de germinação pela manutenção de uma humidade constante.

  • Coloque em sítio (bancadas) sem grandes variações térmicas (ideal de 22 a 26ºC) sem Sol directo, só com luz solar (a luz é imprescindível, as sementes são fotossensíveis).

  • A película aderente vai "embaciar" e pode até formar gotas.

  • Quando notar pequenos apontamentos verdes na superfície dos alvéolos, retire a película totalmente e trate as novas plântulas como plantas adultas.

  • Regue somente quando a superfície da/do turfa/substrato apresentar um aspecto seco, utilize um sistema de nebulização ou um pulverizador fino.

  • Quando as plântulas perderem os primórdios foliares, ganharem folhas "verdadeiras" e estiverem com 3-4cm de altura está na altura de serem mudadas para tabuleiros alveolares maiores (200-250cc) com o cuidado necessário a não desfazer o torrão.

  • Este processo, desde a sementeira até à repicagem para os tabuleiros definitivos, demora entre 45 a 60 dias.